Espaçamento entre ranhuras na superfície das estradas determina notas das músicas.
Velocidade ideal para o carro ‘tocar’ músicas no ritmo certo é de 45 km/h.
Um grupo de pesquisadores japoneses criou um sistema que pode concorrer com o rádio, os CDs e os arquivos MP3. São as estradas musicais, já disponíveis no Japão, que utilizam os próprios veículos em movimento para produzir sons previamente definidos.

A invenção do Instituto de Pesquisa Industrial Hokkaido é baseada em ranhuras feitas na superfície do asfalto (groovings). As estradas musicais usam o espaço entre essas ranhuras para criar notas diferentes, explica o jornal britânico “The Guardian”.

Dependendo da distância entre cada uma das ranhuras, os ocupantes do carro que se movimenta sobre elas vão ouvir um tipo de nota musical. “O sistema é baseado em ranhuras nas estradas que reproduzem a melodia desejada”, explica o documento de patente dessa novidade.

O “Guardian” afirma que já existem três trechos de rodovias musicais nas regiões do centro e norte do Japão, sendo que cada uma delas toca uma canção popular. Cada melodia tem duração de 30 segundos, e a “área musical” é indicada por notas pintadas no chão.

Segundo os pesquisadores, a velocidade adequada para ouvir as músicas é de 45 km/h. “Você precisa dirigir com a janela do carro fechada para ouvir bem. E se dirigir muito rápido vai parecer que a música está no modo ‘fast forward’, enquanto se for muito devagar terá a sensação de ‘câmera lenta’”, afirmou um blogueiro japonês, segundo a publicação britânica.

Fonte: G1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s